Ideias que nunca viraram charges

Ideias que ficaram apenas nos esboços. Muitas são melhores do que as publicadas.

01

Imagem

02

Imagem

03

Imagem

04

Imagem

05

Imagem

06

Imagem

07

Imagem

08

Imagem

09

Imagem

10IDEIAz-0011Ideiaz-0212IDEIAz-0413Ideiaz-0114 – essa é velha mas eu gosto muito, hehe.Ideia-04

Anúncios

Meu novo livro: Amok – Cabeça, tronco e membros já está a venda

_Amok autografado

O Benett nos deu a missão de encher o lançamento do Amok – Cabeça, tronco e membros de mimos para os leitores. Primeiro surgiu a ideia do postal que será distribuído no lançamento e enviado para todos que comprarem o livro pelo site da editora. Depois inventamos um pôster. Esse é para todo mundo e vem encartado no livro.

Foto-Livro-Amok-01

Mesmo assim o Benett não ficou satisfeito e nos deu mais uma missão: quem comprar o livro pelo site da editora no dia do lançamento recebe seu exemplar em casa, com frete grátis, postal, pôster e… Autografado! Isso mesmo, o Benett acha que temos pouco trabalho e vai nos fazer levar centenas de livros para Curitiba para que ele autografe todos no dia seguinte ao lançamento.

Então, funciona assim: se você não mora em Curitiba, ou mora e não vai poder ir ao lançamento, pode ter seu livro autografado. Ele estará disponível para compra no site da mórula a partir das 15h de hoje (20/08), antes mesmo de começar o lançamento. É só entrar no site da mórula, comprar e enviar o comprovante de pagamento para contato@morula.com.br. No e-mail, aproveita e informa para quem é a dedicatória. Todo mundo que enviar o email até 18:59h do dia 21/08 – 1 minutos antes do lançamento – receberá seu livro em casa, com o autógrafo devido.

Foto-Livro-Amok-02Foto-Livro-Amok-03

United Stalkers of America

Charges de Junho/Julho 2013

UnitedStalkerOfAmericaGazeta do Povo – 08/07/2013

Char-DilmaGazeta do Povo

CharDilmaPopGazeta do Povo

Char-PactoGazeta do Povo

Char-AtivistaGazeta do Povo

Char-Macacos

Char-PedraFolha de S. Paulo

Char-ChoqueGazeta do Povo

Char-STFFolha de S. Paulo

Charges do dia, da semana, do mês, do ano…

Algumas charges que publiquei na Folha e Gazeta do Povo. Espero que gostem, apesar da defasagem. Ah, e clica na imagem para ver o desenho maior. (Benett)

01

Bem, essa não é inédita.

Bem, essa é inédita.

02

ChargeBenett-PP-Porcos03

ChargeBenett-Porcaria04

ChargeBenett-Virada05

ChargeBenett-BrasilFodeMais06

ChargeBenett-EstadoJovens07

ChargeBenett-CuraGay08

ChargeBenett-ReducaoMaiorPenal09

ChargeBenett-CombateSecaFome10

ChargeBenett-EmBuscaDinheiroMaluf11

ChargeREVOLUtion12

ChargeBenett-RecursoDirceu13

ChargeBenett-NovosPartidos

Charges Felicianas e mais alguma coisa

As charges abaixo foram publicadas nos jornais Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Clique nas imagens e elas ampliam.

01

Feliciano-0102

Feliciano-0203

Feliciano-0304

Feliciano-0405

Feliciano-0506

Feliciano-0607

DireitosHUmanos08

EnemMiojo09

Mitras10

DilmaPapa11

MuseuDoIndio12

PapeisDaDitadura

13

NOVA-PSDB14

NOVA-Chavez15

NOVA-Protesto16

NOVA-Yoani17

NOVA-Igreja

As últimas charges

Se eu tinha uns 2 ou 3 leitores perdi todos por ficar tanto tempo sem atualizar. Clica na imagem para ela ficar maior.

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

Atrasadas

Caramba, esqueci de atualizar isso aqui. Aí vão as charges da semana… passada e retrasada!Incrível, charges são como Drosophilas melanogaster, ou a popular mosca da banana: o tempo de vida é de mais ou menos 24 horas. Clique na imagem, para ela ficar maior e por consequência, mais legível.

Duas atuais

02

… e umas antigas.

03

04

05

06

07

08

09

Ideias Selvagens

As charges publicadas na Folha vocês poderão ler AQUI, com qualidade alta. Não só as minhas, mas as do Jean, do João e do Angeli.

Aí vão as ideias da semana que passou. Clique na imagem para você ver em alta os defeitos dos desenhos.

01

02

03

04

05

06

07

08

09

Para Nao Perder o Costume…

Charge Gazeta do Povo, 18/06/2012

02 Charge da Folha, 18/06/2012

e as ideias que se perderam pelo caminho…

01

02

03

04 – essa é uma ideia muito manjada, mas foi o que consegui num dia difícil onde as ideias não vinham e não vinham e não vinham…

 

 

Os lados B

Texto do Ruy Castro publicado na Folha de S. Paulo em 12/06/2012 traz crítica de Ivan Lessa a chargistas. Concordo com ele, diga-se de passagem:

São Paulo, 13 de Junho de 2012

Aos olhos de Ivan

RIO DE JANEIRO – Ivan Lessa temia que, quando morresse, algum cartunista iria desenhá-lo de camisola e asinha, encontrando-se com um colega também recém-morto, os dois flutuando sobre uma nuvem. Achava isso de uma total falta de imaginação. Sábado último, quando veio a notícia de sua morte, já antevi o cartum: Ivan sendo recebido numa nuvem por Millôr Fernandes, ambos de anjinhos. Mas o cartum não aconteceu -o horário de fechamento dos jornais nos fins de semana o salvou do lugar-comum.

Leio na internet mensagens acusando-o de abandonar o Brasil, de não ter ficado para “resistir” e de dedicar os últimos 34 anos a falar mal do país à distância. Viva a ignorância. Ivan passou no Brasil os piores anos da ditadura, que foram os da década de 70, e num dos lugares mais expostos: as páginas do “Pasquim”, o maior alvo da censura.

Ali ele criou o humor mais violento que o país já viu, e que só escapava à Pilot pela burrice dos censores. “Amar é… ser o primeiro a reconhecer o marido no Instituto Médico Legal”, escreveu. Ou: “Vomitar, no Nordeste, é sinal de status”. Ou: “O brasileiro é um povo com os pés no chão. E as mãos também”. E só em 1978, quando a abertura era uma realidade, Ivan partiu para Londres, na contramão dos exilados que chegavam.

Partiu só fisicamente, porque continuou atento e irritado com tudo que acontecia por aqui. Era um Paulo Francis de pavio curto. Mas, ao contrário de Francis, era um escravo do rigor, da data certa, da informação exata.

O Brasil desumano que passava aos olhos de Ivan tinha de disputar espaço com o Rio de 1949 a 1964 que vivia em sua memória, do qual ele se lembrava de todos os endereços, números de telefone, firmas comerciais, marcas de produtos, linhas de bonde, letras de músicas, times de futebol, enfim, do lixo que faz a vida valer a pena.

Ruy Castro

A charge de hoje na Folha – se você clicar na imagem, como que por bruxaria ela fica maior!!!

e as demais ideias que  ficaram pelo meio do caminho…

01

02

03

04